Inverno: limpeza a vapor é boa alternativa

Com a chegada do inverno, aumenta a incidência de doenças infectocontagiosas, assim como gripe, conjuntivite, entre outras. Por isso, é fundamental reforçar a limpeza dos ambientes.

Esta ligação entre limpeza e saúde é corroborada por dados levantados pela International Sanitary Supply Association, entidade norte-americana parceira da Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional (Abralimp). Segundo a ISSA, uma limpeza eficiente pode reduzir até 80% a probabilidade de propagação de vírus comuns, como o da gripe. A pesquisa também constata que um ambiente coletivo limpo, como empresas e escolas, é muito mais saudável, pois reduz a incidência de doenças respiratórias, cerca de 24%, de idas ao médico (34%), de uso de antibióticos (24%), influenciando também na redução do índice de absenteísmo (46%).

E, diante deste cenário, recursos e inovações não faltam ao setor para ajudar seus clientes na tarefa de promover ambientes mais limpos e saudáveis. Por isso, a Abralimp traz algumas dicas sobre o uso de máquinas e equipamentos de limpeza para manter os ambientes de uso coletivo mais saudáveis, inclusive nos meses mais frios, com economia de água:

 – Limpeza a vapor: Essa modalidade, além de proporcionar a economia de água e energia, garante maior eficiência à limpeza de ambientes internos.

As limpadoras a vapor funcionam apenas com o poder da água quente e da pressão do vapor. Possuem a vantagem de remover óleo, gorduras e também higienizar as superfícies por conta da alta temperatura operacional (120° – 145°C), sem a necessidade da ação de produtos químicos. Todas as bactérias comuns podem ser mortas na própria superfície do piso, sem a utilização de qualquer agente químico.

Tal técnica é indicada para limpeza e higienização de banheiros, cozinhas (azulejos, pia), pisos em geral, cortinas e tapetes. Na limpeza profissional, vaporizadores são muito utilizados na limpeza de carpetes de prédios comerciais, hotéis e escolas.

Lavadoras automáticas de pisos: Para os ambientes onde há grande circulação de pessoas, são indicadas as lavadoras automáticas de pisos, pois além do chão úmido dificultar a manutenção da limpeza, o cheiro de certos produtos também pode ocasionar irritação aos alérgicos. Com o uso das máquinas é possível otimizar este processo, pois o ambiente é lavado e os resíduos aspirados simultaneamente em uma única operação, garantindo também economia de água.

Limpeza a seco: Também é uma ótima opção para a retirada das partículas sólidas como pó e poeiras de superfícies em geral. Com a utilização de aspiradores, ela pode ser feita em paredes, pisos, tetos, móveis e equipamentos. Toda a ação de limpeza se inicia pela retirada de pó, poeira e outras partículas sólidas, responsáveis pela proliferação de microrganismos que causam alergias e doenças respiratórias.

Aspiradores de pó: Para a limpeza dos carpetes, que são grandes acumuladores de poeira e ácaros, são indicados os aspiradores de pó com filtros absolutos (HEPA), que permitem alcançar o grau de 99,99% de retenção de partículas de 03 mícron, possibilitando que o ar aspirado seja devolvido ao ambiente mais limpo, sendo ideal para prevenir doenças crônicas desta época do ano.

A Abralimp disponibiliza todas as informações sobre a limpeza profissional no Manual de Processos: Gerenciamento de Limpeza e Higiene em Ambientes Internos e Externos, que pode ser visualizado gratuitamente pelo portal www.abralimp.org.br. A Associação também lançou a Cartilha de Aspiradores que pode ser acessada aqui. Para treinamento de equipes, a UniAbralimp realiza cursos de capacitação de limpeza para equipes e lideranças. A grade e as inscrições estão disponíveis no www.uniabralimp.com.br.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *