Escola revela os possíveis cuidados para evitar pegar gripes no berçário

Com a chegada do outono e inverno, doenças infecciosas, inflamatórias e alérgicas são muito comuns em bebês e crianças pequenas.  Infelizmente, gripes e resfriados podem ser a porta de entrada para outras doenças mais graves, já que diminuem a imunidade e deixam o organismo debilitado.

Para tentar fugir do peito cheio e nariz entupido que leva os alunos a ficarem doentes e prostrados, Maria Drummond Grupi,  diretora do Ponto Omega – em São Paulo, SP, aponta um conjunto de medidas que adota e que busca minimizar os riscos à saúde das crianças.

“Em primeiro lugar, todos os ambientes da escola devem estar com as janelas abertas para ficarem ventilados. “Se ao visitar a escoal elas estiver toda fechada por causa do frio, fuja desse local com seu bebê, pois a chance de ele ficar doente é maior”.

Também é  indicado que todos sempre higienizem as mãos e se os funcionários estiverem resfriados , devem trabalhar com equipamentos de proteção, tais como luvas e máscaras”, explica Maria.

No Ponto Omega, professoras e demais ainda trocam de roupa ao iniciar o dia e utilizam uniforme completo que é lavado diariamente na lavanderia da escola. Esta medida evita que possam levar quaisquer vírus da rua para os alunos.

 

“Nas dependências da instituição os berços onde são realizadas as sonecas devem ficar separados a 60 cm para evitar a contaminação e as roupas de cama  devem ser usada apenas por uma criança e ser lavadas diariamente.

Por fim, outro cuidado feito é a limpeza dos  brinquedos, especialmente os que os bebes levam a boca, devem ser esterilizados diariamente”, comenta.

 

Se apesar de todos os cuidados as crianças ficarem gripadas, no Ponto Omega elas contam com os serviços especializados de fisioterapia respiratória.

A profissional mensalmente ( do inicio do outono até a primavera) faz visitas e avalia a oxigenação e saturação dos alunos. Dependendo do resultado , ela liga para os pais que sob supervisão dos pediatras autorizam o atendimento ,que pode ser feito em casa, da profissional para limpar peito e nariz dos alunos por meio de manobras e exercícios respiratórios . Assim, os alunos podem retornar a rotina escolar com mais conforto e saudáveis para brincar felizes com os amigos.

Sobre o Ponto Omega
Instalado há mais de três décadas em uma espaçosa casa no bairro dos Jardins, em São Paulo, o Ponto Omega – Centro de Cuidados Infantis Bilíngue – é considerado referência em berçário e educação infantil. A escola, que atende crianças de três meses a seis anos, conta com uma equipe de profissionais altamente capacitados e a assessoria de especialistas em áreas como fisioterapia, infectologia e nutrição. Tudo funciona sob a coordenação e o olhar atento de Maria Guimarães Drummond Gruppi. Formada em pedagogia e em psicologia pela PUC de São Paulo, Maria é especialista em primeira infância. Com pós-graduação em Clínica Interdisciplinar com Bebês, tem diversos cursos na área, como o Brincar na Constituição do Sujeito, e a Intervenção Precoce, ambos pelo Instituto SEDES Sapientiae.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *