9 meses: aproveite para deixar tudo organizado para a chegada do bebê

Muitas mamães reclamam que a gestação dura uma eternidade. Mas os nove meses, essenciais para a formação do bebê, são também muito importantes para organizar a vida para a chegada do novo membro da família. “É uma ansiedade só, mas imagina se os bebês chegassem de uma hora para a outra? Nada estaria pronto para sua chegada”, brinca Kalinka Carvalho, consultora em organização.

Assim, a profissional dá dicas para usar as tarefas importantes, dividindo ao longo dos meses, para controlar a ansiedade e não deixar nada para a última hora.

1º trimestre
Ao descobrir a gravidez, pense em como quer contar a novidade para os familiares e amigos. Por precaução algumas pessoas preferem aguardar os três primeiros meses antes de contar que está grávida. Se for seu caso, fale apenas para as pessoas que gosta e para os mais próximos. Não se esqueça de contar no trabalho antes de espalhar a notícia, para não criar um clima ruim com seu chefe.

Comece a pensar em opções para os nomes, se for menino ou menina e a ter ideia para o cômodo onde a criança ficará. “Este é o momento de fazer uma obra ou pintar o quarto, se ainda não foi feito”, enfatiza.

2º trimestre
Ao saber o sexo do bebê, além do nome, você já pode definir o tema do quarto e começar a pesquisar os móveis e objetos que precisará comprar, como roupa de cama, poltrona, carrinho, bebê conforto, entre outros. “É importante listar o que é importante para você e o que cabe em sua casa. Muitos objetos são usados por pouco tempo e nem sempre são necessários. Avalie também comprar objetos usados ou aluga-los”.

Comece a compor o enxoval do bebê, priorizando o conforto e a praticidade para a hora da troca. Cuidado com o excesso de compras. Nessa fase é normal ganhar muitas coisas, então vá devagar.

Antes de acabar o trimestre, compre os móveis, pois as fábricas costumam demorar de 40 dias a 2 meses para entrega-los. Certifique-se que o serviço de montagem está incluso.

Visite as maternidades de sua preferência e avalie o que cada uma delas oferece, bem como o tipo de parto, se o quarto é compartilhado com a criança ou não, se eles fazem o parto da forma como você deseja etc. “Avalie também se a maternidade possui UTI Neonatal e, se você não possui convênio médico, já comece a pagar para não ficar tão pesado”.

3º trimestre

Organize um chá de bebê (recebe itens gerais) ou um chá de fraldas (recebe apenas fraldas). Além da arrecadação ajudar bastante nos primeiros meses de vida do bebê, o evento é uma tradição e pode garantir momentos de relaxamento e diversão.

Cerca de 40 dias antes da data prevista para o parto, lave todas as roupas do bebê com sabão neutro e guarde em local de fácil acesso. Aquelas roupas que só forem ser usadas mais para frente, deixe guardadas no armário. Na cômoda, guarde os itens de troca de fralda na primeira gaveta e os que serão usados com frequência nas próximas. Você pode separar por tipo (body, macacão, mijões) ou por idade (RN a 2 meses, 3 a 6 meses, 7 a 9 meses e 10 meses a 1 ano).

Arrume a mala da maternidade. Confira com o hospital se é necessário levar itens de higiene para você e o bebê. Não se esqueça de incluir um pijama, chinelo e uma troca de roupas para o papai ou outro acompanhante.

Organize a casa, lave cortinas, tapetes e separe os o contato de contatos de todos os familiares e amigos que precisam saber sobre o nascimento. Peça para sua ajudante da casa ou algum familiar providenciar a limpeza da casa e o preparo de comidinhas para a primeira semana da chegada do bebê.

Outras dicas importantes, que são úteis ao longo de toda a gravidez, é alimentar-se bem, praticar atividades físicas (fale com seu médico), realizar o pré-natal corretamente, ler sobre assuntos relacionados à gestação, parto e criação de bebês, que poderão te ajudar em todo o processo. “Lembre-se: quanto mais informações você tiver, mais empoderada estará para tomar decisões mais acertadas”, enfatiza. Tire fotos para registrar o crescimento da barriga para mostrar ao seu filho quando estiver maior e monte um livro/diário da gestação contando tudo o que passou para que ele saiba quando crescer.  Programe também, se desejar, um ensaio para o último mês da gravidez.

 

*Kalinka Carvalho é consultora, palestrante e produtora de conteúdo em Organização pessoa, residencial e eventos. A especialista está disponível para entrevistas sobre temas relacionados à organização pessoal, residencial e produtividade.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *